Páginas

quinta-feira, 25 de abril de 2013

UM CHAMADO A ORAÇÃO

A oração é como um combustível, sem a qual não vamos a lugar algum. Há um grande problema em deixar de orar, ainda que o motivo não seja pelo fato de estar cometendo um pecado de ação, mas por estar pecando em omissão. O simples fato de não orar já é um pecado, porque a oração é um mandamento de Deus.
No vídeo de 1min. e 27s. abaixo o Pr. John Piper menciona a importância de separarmos um tempo para a oração. Confira.

video

terça-feira, 23 de abril de 2013


DEVO BUSCAR A DEUS QUANDO VIEREM OS PROBLEMAS, OU ANTES?
Ninguém espera chover para depois fazer a cobertura de sua casa. Ninguém espera ficar desnutrido para depois se alimentar. Parece insignificante pensar nisso, já que se trata de algo natural de nossas vidas.
No entanto, muitos tem deixado de buscar a presença de Deus, sendo essa uma atitude ainda mais primordial. É comum muitos irem à igreja quando estão passando por problemas, alias devem ir mesmo, pois Deus é poderoso para transformar sua vida. Contudo, gostaria de lhe dar um conselho ainda melhor, que não é meu, mas de Deus, revelado em sua Palavra. Busque a Deus antes do problema acontecer.
Hb.4:16 diz: “Acheguemo-nos, portanto, confiadamente, junto ao trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça para socorro em ocasião oportuna.” O texto está dizendo que é preciso buscar, para receber a ajuda necessária nos momento difíceis.
Não é diferente em Ef.6:13 quando diz: “Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, depois de terdes vencido tudo, permanecer inabaláveis.”
Portanto, não espere chegar os dias maus para buscar a Deus, busque antes, fortalecendo-se no Senhor. Jesus disse que só resistirá à tempestade àqueles que guardarem a Sua Palavra.
Deus abençoe a todos.

ATÉ QUE PONTO VOCÊ ESTÁ PRONTO


“Então, ele (Paulo) respondeu: Que fazeis chorando e quebrantando-me o coração? Pois estou pronto não só para ser preso, mas até para morrer em Jerusalém pelo nome do Senhor Jesus.” (At.21:13)

O apóstolo Paulo foi sem dúvida um grande homem de Deus. Deus o usou para escrever grande parte do Novo Testamento, fundou diversas igrejas, foi poderosamente usado por Deus por onde passou, deixando um grande legado para a Igreja Cristã. Paulo foi o maior líder do cristianismo de todos os tempos, exceto, não o comparando a Cristo.
Em At.9:15-16 nos relata o seu chamado da parte de Deus e o quanto ele realmente iria sofrer pela causa do Evangelho, e de fato, o apóstolo Paulo sofreu muito como vemos no próprio livro de Atos e em suas narrativas nas suas cartas destinadas as Igrejas por onde havia passado.
O que nos chama a atenção é a total disposição do apóstolo de fazer a vontade de Deus. Sua prontidão é realmente um grande exemplo para todos que se dizem cristãos.
O texto de At.21:13 relata sua ida a Jerusalém depois de suas três viagens missionárias, sendo revelado pelo Espírito Santo que muitas dificuldades o esperava naquela cidade. No entanto, em nenhum momento Paulo se intimida em não ir, demonstrando assim grande prontidão em obedecer a Deus e fazer Sua vontade.
Paulo nos dá esse grande exemplo. Mas o que de fato temos feito? Será que temos demonstrado prontidão quanto ao que Deus requer de nós? Lamentavelmente temos visto que não. Vemos sim grande prontidão em querer receber os benefícios de Deus, mas não sofrer ou pagar o preço da abnegação. Muitos querem receber de Deus, mas nunca se entregar a Deus, e isso foge da realidade do verdadeiro cristianismo.
Que o Senhor levante outros “Paulos” que estejam dispostos a viver a verdadeira vontade de Deus para suas vidas. Não se preocupando com suas próprias vontades, mas sim com a soberana e perfeita vontade de Deus.
Pois Jesus disse: “E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me.” (Lc.9:23)
Deus abençoe sua vida.